Dor miofascial da parece abdominal existe?

Segunda, 21 de Dezembro de 2020

Dor miofascial da parece abdominal existe?

A dor abdominal crônica inespecífica é uma queixa frequente e pouco reconhecida na prática médica. A dor secundária à disfunção miofascial que afeta a musculatura da parede abdominal é diferente daquela relacionada a outros sítios de ocorrência de dor miofascial1, especialmente por 2 motivos: (1) podemos encontrar dor miofascial nessa região após trauma local, como é o caso de cirurgias abdominais, mas também, e muito frequentemente, (2) encontramos disfunção miofascial nessa região como resultado do fenômeno de convergência víscero-somática2.

Clinicamente, os pacientes que apresentam quadros que cursam com inflamação e dor de origem visceral (p.ex. colecistites, endometriose, infecções de trato urinário, entre outros) podem, mesmo após a resolução de seu quadro de base, evoluir com dor miofascial residual na musculatura da parede abdominal, e isso ser a principal fonte de nocicepção e incapacidade relacionada à queixa de dor do paciente.

A abordagem da dor miofascial dessa região é integrada ao fluxograma de abordagem clínica em serviços de renome mundial3 e os especialistas de diversas áreas da medicina devem ter esse diagnóstico diferencial em mente a fim de tratar e referenciar o paciente para uma abordagem integral da queixa4.

 

  1. Niraj, G. Pathophysiology and Management of Abdominal Myofascial Pain Syndrome (AMPS): A Three-Year Prospective Audit of a Management Pathway in 120 Patients. Pain Med. Malden Mass 19, 2256–2266 (2018).
  2. Giamberardino, M. A., Affaitati, G. & Costantini, R. Visceral Referred Pain. J. Musculoskelet. Pain 18, 403–410 (2010).
  3. Kamboj, A. K., Hoversten, P. & Oxentenko, A. S. Chronic Abdominal Wall Pain: A Common Yet Overlooked Etiology of Chronic Abdominal Pain. Mayo Clin. Proc. 94, 139–144 (2019).
  4. Balyan, R., Khuba, S., Gautam, S., Agarwal, A. & Kumar, S. Abdominal wall myofascial pain: still an unrecognized clinical entity. Korean J. Pain 30, 308–309 (2017).
Palavras-chave: dor miofascial
Joao Eduardo M Teixeira
Autor: Joao Eduardo M Teixeira
Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Residência Médica em Acupuntura no Hospital Regional de São José Homero de Miranda Gomes (HRSJ-HMG/SC). Especialização em Medicina Física e Reabilitação pela Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD / São Paulo - Brasil). Título de Especialista em Medicina Física e Reabilitação pela ABMFR e AMB. Diretor Científico do Colégio Médico de Acupuntura da Santa Catarina (CMASC)